728 x 90
  • Criminal Player: Rachadinha, TJRJ e STF com Aury e Alexandre

    Criminal Player: Rachadinha, TJRJ e STF com Aury e Alexandre

    • 19/07/2020

    Nesse episódio Aury Lopes Jr. e Alexandre Morais da Rosa falam sobre rachadinha, TJRJ e STF. Podcast publicado originalmente no Criminal Player.

    LEIA MAIS
  • Kakay fala sobre a prisão de Queiroz

    • 19/06/2020

    Advogado criminalista Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, analisa a prisão do ex-assessor da família Bolsonaro Fabrício Queiroz, o envolvimento do advogado Frederick Wassef e repercussões sobre o caso. A entrevista foi concedida durante o programa Boa Noite 247 do dia 18 de junho de 2020. Confira a íntegra do programa neste link: https://youtu.be/31ml_846JBg

    LEIA MAIS
  • Caso Queiróz-Flavio Bolsonaro

    • 19/06/2020

    Hoje no Estado de Direitos o caso Queiróz-Flavio Bolsonaro será analisado por três advogados criminais: Fábio Tofic, Priscila Pamela e Willey Sucasas. Fabrício Queiroz trabalhou no gabinete de Flávio Bolsonaro e ambos são investigados pela prática dos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, confira. Vídeo publicado originalmente no canal TV Democracia.

    LEIA MAIS
  • Juristas denunciam de novo Moro à Comissão de Ética da Presidência

    • 02/06/2020

    Por Marianna Holanda Um grupo de advogados e juristas, liderado por Celso Antônio Bandeira de Mello, protocolou nesta terça-feira, 2, uma denúncia contra o ex-ministro Sérgio Moro na Comissão de Ética da Presidência da República. Esta é a segunda denúncia deles contra o ex-ministro no colegiado. Conforme a Coluna antecipou, o documento alega que o ex-juiz da Lava Jato divulgou,

    LEIA MAIS
  • Fábio Tofic: “Vídeo não prova o que Moro prometeu, mas tem coisa pior: está repleto de crimes de responsabilidade.”

    Fábio Tofic: “Vídeo não prova o que Moro prometeu, mas tem coisa pior: está repleto de crimes de responsabilidade.”

    • 25/05/2020

    A pedido do Nocaute o criminalista Fábio Tofic Simantob reviu o vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril. Segundo ele, Moro não consegue provar a acusação que faz a Bolsonaro, mas isso se torna irrelevante diante da abundância de crimes de responsabilidade “que avultam” no decorrer do vídeo. Veja o vídeo e leia

    LEIA MAIS
  • Vídeo de reunião deve ser divulgado com ressalvas, dizem Cardozo e Gonzaga

    • 18/05/2020

    Os advogados Admar Gonzaga, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e José Eduardo Cardozo, ex-ministro da Justiça, afirmaram que o vídeo da reunião ministerial de 22 de abril deve ser divulgado, desde que não exponha segredos nacionais e detalhes da economia do Brasil. Gonzaga e Cardozo participaram nesta segunda-feira (18) do Debate 360, na CNN. O

    LEIA MAIS

Mais do Prerrô

Compartilhe