728 x 90
  • Massacre de Mariana Ferrer invalida depoimento e o processo deve ser anulado

    Massacre de Mariana Ferrer invalida depoimento e o processo deve ser anulado

    • 06/11/2020

    A íntegra do depoimento de Mariana Ferrer, que inclui o trecho que ganhou enorme repercussão no país, não deixa dúvidas: a audiência é nula por ofensa à dignidade humana da depoente. Consequentemente, todo o processo deve ser anulado. E cabe ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina tomar essa decisão. Conforme é cediço em nossa

    LEIA MAIS
  • No Estado laico, juiz não pode atuar como intérprete da fé

    No Estado laico, juiz não pode atuar como intérprete da fé

    • 05/11/2020

    O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu, no último dia 27, que o Grupo Católicas Pelo Direito de Decidir não pode utilizar a palavra “Católicas” em seu nome, por se tratar de entidade favorável à legalização do aborto cuja atuação e finalidade revelam “pública, notória, total e absoluta incompatibilidade com os valores mais caros adotados

    LEIA MAIS
  • “Ao meu sentir…” (sic), o processo do estupro de SC é nulo, írrito…!

    “Ao meu sentir…” (sic), o processo do estupro de SC é nulo, írrito…!

    • 05/11/2020

    Começo a coluna com uma frase do juiz que absolveu o acusado de estupro de vulnerável — objeto de grande polêmica que gerou indignação de ministros, parlamentares, investigação do CNJ e CNMP, advogados, professores, juízes e membros do MP: “Ao meu sentir”. Isso diz muito do direito brasileiro. Muito mesmo. Sim, ao sentir dele, porque,

    LEIA MAIS
  • Sergio Moro não é Giovanni Falcone

    Sergio Moro não é Giovanni Falcone

    • 03/09/2020

    Por Paulo Brondi Em artigo publicado no último dia 28 na revista Crusoé, intitulado “Bons exemplos”, o ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro teceu loas a figuras históricas que, para ele, deixaram exemplos a serem seguidos, entre as quais o “juiz” italiano Giovanni Falcone, considerado herói popular por, nos anos 80, combater a Cosa Nostra, conhecido grupo mafioso, sendo por isso

    LEIA MAIS
  • Neutralidade é um mito, mas a imparcialidade do juiz é um dever

    Neutralidade é um mito, mas a imparcialidade do juiz é um dever

    • 29/07/2020

    A imparcialidade do juiz não é uma exigência contemporânea. Diz Eugenio Raul Zaffaroni, que sempre que se quis resolver um conflito que não fosse unicamente através da arbitrariedade ou do poder irracional, se exigiu a independência e a imparcialidade do julgador (Poder Judiciário – Crises, Acertos e Desacertos). Mas segue como questão atual, que ganhou

    LEIA MAIS
  • Do túnel do tempo: Quem vai julgar o futuro processo da operação “lava jato”?

    • 27/05/2020

    [Este artigo foi publicado originalmente em novembro de 2014] Por Aury Lopes Jr e Alexandre Morais da Rosa Presenciamos um mimetismo midiático (Ramonet) em torno dessa gigantesca operação “lava a jato”, proporcional à gravidade do desvio de dinheiro público com o qual realmente não se pode pactuar. Mas, desde uma perspectiva processual, o que mais

    LEIA MAIS
  • Um homem descendo as escadas, descreve Marco Aurélio de Carvalho

    Um homem descendo as escadas, descreve Marco Aurélio de Carvalho

    • 27/04/2020

    Qual é a estatura de Sergio Moro? Ministro saiu menor do que entrou Não confundam alhos com bugalhos”. Este é o ditado popular apropriado para analisar o papel do sr. Sergio Fernando Moro na magistratura, na política e na atual conjuntura como ex-integrante do governo brasileiro, de cujo titular, vale o registro, foi fiel e

    LEIA MAIS
  • Um homem honrado

    • 27/04/2020

    Sergio Moro é um homem honrado. Convocou a imprensa para anunciar que deixava o Ministério da Justiça porque o presidente da República queria interferir ilegalmente na Polícia Federal. Quando juiz da Lava Jato, determinou a quebra do sigilo telefônico de Lula e suspendeu a medida às 11h13 do dia 16 de março de 2016.  Mas às 13h32 do

    LEIA MAIS
  • Moro saiu. E daí?

    • 24/04/2020

    Muita gente previu que a queda de Mandetta seria desastrosa para Bolsonaro. Não foi o que aconteceu. Ele subiu nas pesquisas. O demitido agora foi outro “ex-super-ministro”. Quem perde mais? A conta do capitão é simples. Ele vai perder na classe média o que já tinha perdido com sua postura na crise sanitária. As panelas que se voltaram contra

    LEIA MAIS
  • Vamos julgar galinhas

    Vamos julgar galinhas

    • 29/08/2014

    O bom juiz é aquele que não se intromete em trabalho que não seja o dele. Não o que se dobra a apelos espúrios nem o que presume a culpa A Folha publicou no domingo (24) um artigo sob o título “Não é dos astros a culpa”, de autoria do juiz federal Sergio Fernando Moro,

    LEIA MAIS

Mais do Prerrô

Compartilhe