728 x 90
  • Genocídio em Ruanda: uma tragédia que o mundo não viu. Mas estamos aqui para lembrar

    Genocídio em Ruanda: uma tragédia que o mundo não viu. Mas estamos aqui para lembrar

    • 31/01/2022

    Por Joel Paviotti O bárbaro crime contra a humanidade que ceifou a vida de 800 mil pessoas em 3 meses, configura-se, até hoje, como uma das maiores tragédias da história humana. Amanhece em Kigali, capital da Ruanda. Abu, jovem de 35 anos, acorda assustado, olha pro lado e cochicha com a esposa: – Relima, tem

    LEIA MAIS
  • Jornalismo suicidário

    Jornalismo suicidário

    • 20/01/2022

    Centenária, a Folha comete um dos maiores erros de sua história Em matéria publicada na quarta-feira (19), Suzana Singer trouxe a posição da Direção da Folha acerca das repercussões negativas de textos recentemente publicados e que foram por muitas pessoas —inclusive por este colunista— considerados racistas. Porém, as declarações do diretor do jornal, Sérgio Dávila, revelaram, mais do que

    LEIA MAIS
  • Na barranca do mundo

    Na barranca do mundo

    • 12/01/2022

    Por João Antonio da Silva Filho Cheguei na barranca do mundo e fotografei o abismo. Não, não estou falando nem muito menos defendendo o terraplanismo. Busco na fantasia dos negacionistas a alegoria para descrever o momento. Para os defensores da democracia, a vida não anda fácil: vivemos numa era em que as versões viram verdades, e

    LEIA MAIS
  • Colaboradores

    • 29/11/2021

    Ao final da Segunda Guerra, com o avanço das tropas aliadas, Paris foi libertada. Explosão de alegria, comemoração e, como seria mais do que previsível, com muitos «acertos de contas» com os franceses que colaboraram com o exército de ocupação. E não foram poucos. Sob argumentos diversos muitos franceses seguiram suas vidas quase que normalmente

    LEIA MAIS
  • Depredam o centro, mas não a memória

    Depredam o centro, mas não a memória

    • 28/10/2021

    O andar pelo centro de São Paulo provoca variadas sensações que atingem o físico, a memória e os sentimentos. Não fossem os efeitos da idade a má conservação das suas calçadas, por si só, trariam ao andarilho dificuldades no percurso e riscos de tropeções e até de quedas. Sem falar do abandono dos prédios, da

    LEIA MAIS
  • Nunca precisamos tanto de Lavoura Arcaica

    Nunca precisamos tanto de Lavoura Arcaica

    • 13/10/2021

    Por Gustavo Conde O que nos torna humanos? O que nos significa além da bioquímica dos corpos? O que produz o pensamento, o desejo, a consciência fragmentada, contraditória, que avança sobre o efeito colateral da racionalidade? O que nos devolve à terra, à ancestralidade, ao corpo em movimento, ao sagrado e suas derivações? O que

    LEIA MAIS

Mais do Prerrô

Compartilhe