728 x 90
  • Homem condenado por estupros é inocentado após passar 12 anos preso em SP

    Homem condenado por estupros é inocentado após passar 12 anos preso em SP

    • 17/05/2024

    Por Tiago Minervino Depois de ter a inocência provada por exames de DNA, o jardineiro Carlos Edmilson da Silva, condenado a 137 anos, 9 meses e 28 dias de prisão em regime fechado por uma série de estupros, deixou a cadeia após 12 anos. O que aconteceu Carlos Edmilson da Silva tinha 24 anos quando

    LEIA MAIS
  • Sobre meninas, estupro e aborto

    Sobre meninas, estupro e aborto

    • 19/04/2024

    Por Luciana Temer Ao invés de estar preocupado com proibir procedimentos que a OMS recomenda, CFM deveria estar pensando em como tratar com dignidade e respeito meninas já vítimas de tantas violências A proposta deste artigo é refletir sobre a resolução editada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) que proíbe os médicos de realizarem o procedimento

    LEIA MAIS
  • Com quase 75 mil vítimas, Brasil tem maior número de estupros da história

    Com quase 75 mil vítimas, Brasil tem maior número de estupros da história

    • 20/07/2023

    Por Thalys Alcântara Maioria das vítimas tem menos de 14 anos, e crime costuma acontecer dentro de casa, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública O Brasil registrou, no ano passado, o maior número de vítimas de estupro da história. O país vive uma verdadeira explosão de violência sexual. Foram 74.930 vítimas em 2022, maior quantidade já

    LEIA MAIS
  • “Por que os garimpeiros comem as vaginas das mulheres Yanomami?”

    “Por que os garimpeiros comem as vaginas das mulheres Yanomami?”

    • 23/01/2023

    Por Talita Bedinelli A pergunta denuncia o horror imposto pela omissão deliberada do governo Bolsonaro à população da maior terra indígena demarcada no Brasil, invadida por cerca de 20 mil mineradores ilegais, acusados de violar as mulheres e a floresta amazônica A MULHER YANOMAMI SENTA NO BANCO DE MADEIRA, ESPANTA COM AS MÃOS OS PERNILONGOS

    LEIA MAIS
  • O Machismo estrutural e a certeza da impunidade – um desabafo

    O Machismo estrutural e a certeza da impunidade – um desabafo

    • 13/07/2022

    Por Aline Carvalho Giacon O título desse desabafo não é nem um pouco misterioso e tenho certeza que todas as mulheres que eu conheço e a maioria dos homens com quem convivo sabem exatamente do que se trata. Senti, porém, uma necessidade de colocar em palavras os sentimentos das últimas horas, que não me permitiram

    LEIA MAIS
  • Desta vez, a sociedade amparou a vítima, diz criadora do podcast Praia dos Ossos

    Desta vez, a sociedade amparou a vítima, diz criadora do podcast Praia dos Ossos

    • 16/11/2020

    Por Aline Mazzo Para Branca Vianna, que remontou a morte de Ângela Diniz pelo namorado em 1976, mobilização por Mariana Ferrer é um progresso Assim que tomou conhecimento dos vídeos que mostram a audiência do caso da influencer digital catarinense Mariana Ferrer, Branca Vianna imediatamente lembrou-se do julgamento em 1979 do assassinato da socialite mineira Ângela Diniz pelo namorado Doca

    LEIA MAIS
  • O velho normal da justiça brasileira

    O velho normal da justiça brasileira

    • 05/11/2020

    Por Luisa Moraes Abreu Ferreira Caso Mariana Ferrer nos leva a refletir sobre a seletividade do direito penal e sobre o tratamento das mulheres vítimas de violência pelo sistema Ontem, o site The Intercept Brasil divulgou parte de audiência em processo criminal no qual André Aranha foi julgado pela acusação de estupro contra a influencer Mariana Ferrer em 2018, durante

    LEIA MAIS
  • “Ao meu sentir…” (sic), o processo do estupro de SC é nulo, írrito…!

    “Ao meu sentir…” (sic), o processo do estupro de SC é nulo, írrito…!

    • 05/11/2020

    Começo a coluna com uma frase do juiz que absolveu o acusado de estupro de vulnerável — objeto de grande polêmica que gerou indignação de ministros, parlamentares, investigação do CNJ e CNMP, advogados, professores, juízes e membros do MP: “Ao meu sentir”. Isso diz muito do direito brasileiro. Muito mesmo. Sim, ao sentir dele, porque,

    LEIA MAIS
  • Carta para Mariana Ferrer

    Carta para Mariana Ferrer

    • 05/11/2020

    Não é aceitável que um defensor aja assim, e te pedimos desculpas em nome da advocacia Prezada Mariana, Você não está só. Também não estava só quando estava participando daquela audiência online. Estava junto com todas as mulheres que contam suas histórias de abuso ou violência sexual e são desacreditadas sempre que procuram ajuda, seja no

    LEIA MAIS
  • De vítima a culpada: a narrativa de desqualificação de mulheres

    De vítima a culpada: a narrativa de desqualificação de mulheres

    • 05/11/2020

    Por Mariana Serrano e Amanda Claro ‘Cenas da audiência do caso Mariana Ferrer escancaram uma realidade há muito conhecida por nós, advogadas feministas’ Em 03 de novembro, foi publicado vídeo de audiência do caso de estupro de Mariana Ferrer. Esse caso tem chamado atenção, não apenas pelo fato de ter como vítima uma digital influencer, mas

    LEIA MAIS
  • E Deus disse: “Padre Ramiro, te marquei! E cuidado com Meu Nome! OK?”

    E Deus disse: “Padre Ramiro, te marquei! E cuidado com Meu Nome! OK?”

    • 27/08/2020

    Em Flor de Liz 1, 7-1, lê-se: “prostituição e homossexualismo não são coisa de Deus”! Vejam abaixo! Pois então. Vendo que esse tipo de “cristianismo” modelo “Flor-Winter-Padre Ramiro-Olavo”, pelo qual ofendem e odeiam em Seu nome (um dos prováveis matadores de Marielle tinha em seu WhatsApp o “lema” “Deus acima de todos” e atentados religiosos), Deus resolveu passar a

    LEIA MAIS

Mais do Prerrô

Compartilhe