728 x 90
  • A evangelhocracia de coalisão? Nossa democracia está garroteada?

    A evangelhocracia de coalisão? Nossa democracia está garroteada?

    • 20/06/2024

    1. E o Brasil se tornou refém de pautas medievais? Sabiam que até 1974 existia na Espanha a pena de morte executada por garrote vil? Sim, o último condenado foi executado naquele ano, sendo a pena extinta em 1978. O que é o garrote vil? Vejam a foto. Morte lenta. Agonizante. Coisa de tempos anteriores à

    LEIA MAIS
  • ‘Vítimas da sociedade’, de Bezerra da Silva

    ‘Vítimas da sociedade’, de Bezerra da Silva

    • 03/06/2024

    Por Luís Guilherme Vieira e Reinaldo Santos de Almeida O senso comum reproduz de forma caricatural duas teorias positivistas [1] criminológicas causais. De um lado, a teoria etiológica-individual [2], busca causas no indivíduo, a partir de defeitos pessoais (genéticos, biológicos, psicológicos, morfológicos, entre outros). Ao situarem “a causa” do crime na pessoa, que seria “mal” em si, a

    LEIA MAIS
  • TST legisla e TJ-SP explica prisão de 170 anos por livre convencimento

    TST legisla e TJ-SP explica prisão de 170 anos por livre convencimento

    • 23/05/2024

    1. Batendo na mesma tecla em tempos em que não há mais teclas Apresento dois assuntos nesta coluna: (i) o Tribunal Superior do Trabalho, que mais uma vez decide contra a lei, substituindo-se ao legislador, ratificando a jurisprudencialização do direito; (ii) o caso Edmilson, condenado equivocadamente a 170 anos de prisão e o TJ-SP explicando

    LEIA MAIS
  • STF reconhece assédio judicial a jornalistas e define tese para inibir prática

    STF reconhece assédio judicial a jornalistas e define tese para inibir prática

    • 23/05/2024

    Por Tiago Angelo Constitui assédio judicial comprometedor da liberdade de expressão o ajuizamento de inúmeras ações a respeito dos mesmos fatos, em comarcas diversas, com o intuito ou efeito de constranger jornalista ou órgão de imprensa, dificultar sua defesa ou torná-la excessivamente onerosa. O entendimento é do Supremo Tribunal Federal, que decidiu nesta quarta-feira (22/5)

    LEIA MAIS
  • Fake news e a responsabilidade na omissão

    Fake news e a responsabilidade na omissão

    • 17/05/2024

    A omissão sempre despertou enorme dificuldade de equacionamento na dogmática penal. Uma das questões candentes diz respeito à responsabilidade dos omitentes em face da regra contida no artigo 13 do Código Penal, que inclui a omissão entre as condições do resultado. Em virtude da contradição entre a omissão, como um nada, e a causalidade, como

    LEIA MAIS
  • Os novos Sísifos: em busca da justiça, pela eternidade

    Os novos Sísifos: em busca da justiça, pela eternidade

    • 07/05/2024

    Por Misabel Derzi Se o STJ entende que a matéria ventilada em um Recurso Especial é de índole constitucional, rejeita-o. Entretanto, no recurso extraordinário ao STF, muitas vezes a Corte Suprema diverge, remetendo o contribuinte à instância inferior, por entender que a matéria é questão infraconstitucional. O jurisdicionado vê-se, como Sísifo, na mitologia grega, ao

    LEIA MAIS
  • Estado de coisas inconstitucional no sistema penitenciário: até quando?

    Estado de coisas inconstitucional no sistema penitenciário: até quando?

    • 16/04/2024

    “Se quiseres conhecer a situação socioeconômica do país, visite os porões de seus presídios.”Nelson Mandela Entra ano, sai ano, entra presidente, sai presidente, entra governador, sai governador, e o sistema penitenciário brasileiro perpetua-se no epicentro das mais cruentas e infindas violações de direitos e de garantias constitucionais das pessoas humanas recolhidas aos cárceres; uma profanidade aos

    LEIA MAIS
  • Talvez seja hora de responsabilizar PM que invade domicílio, diz Schietti

    Talvez seja hora de responsabilizar PM que invade domicílio, diz Schietti

    • 03/04/2024

    Por Danilo Vital Para o ministro Rogerio Schietti, do Superior Tribunal de Justiça, os casos de entrada em domicílio por policiais que não têm autorização judicial, nem fundadas razões, acentuaram-se em recorrência e gravidade, a ponto de justificar até a responsabilização civil e penal dos agentes. A ponderação foi feita nesta terça-feira (2/4), durante julgamento

    LEIA MAIS
  • 60 anos do golpe, 10 anos da ‘lava jato’: nunca mais

    60 anos do golpe, 10 anos da ‘lava jato’: nunca mais

    • 01/04/2024

    Por Felipe Santa Cruz, Fernando Augusto Fernandes e Rodrigo Siqueira Jr. O mês de março concentra datas que marcam sombrio lado da história brasileira, o golpe civil-militar de 1964, de 31 de março, e a operação “lava jato”, iniciada em 17 de março de 2014. Ambas marcam processos que resultaram no enfraquecimento democrático e atacaram

    LEIA MAIS
  • A fábula dos porcos, a IA, os causídicos, os tribunais e o ChatGPT

    A fábula dos porcos, a IA, os causídicos, os tribunais e o ChatGPT

    • 14/03/2024

    O jornal espanhol El País fez interessante editorial sobre a coqueluche (ou a pandemia) do momento: a tal inteligência artificial ChatGPT. Com o tempo, cada vez mais os sistemas IA farão interfaces com nossos dispositivos e se tornarão uma espécie de oráculos de nossas atividades profissionais. É por isso que o jornal chama a atenção: há riscos nisso e

    LEIA MAIS
  • As mensagens de Deltan Dallagnol e os guardas da esquina

    As mensagens de Deltan Dallagnol e os guardas da esquina

    • 05/03/2024

    Por Pierpaolo Cruz Bottini Denúncias propositalmente longas, falta de provas dissimuladas por slogans para a mídia, vazamento de informações, uso das funções públicas para perseguição de adversários. Esses os ingredientes das conversas de Deltan Dallagnol com outros procuradores da operação “lava jato”, divulgadas em Reportagem da revista piauí deste mês. São diálogos impressionantes, descortinam os bastidores de uma operação

    LEIA MAIS
  • Advogados não incomodam, e sim contribuem para a democracia (parte 2)

    Advogados não incomodam, e sim contribuem para a democracia (parte 2)

    • 28/02/2024

    Continuação da parte 1 O STF instado agasalhou entendimento dessemelhante, cimentando-se na teoria da separação de Poderes, para acordar que aquele obrar é uma das prerrogativas do presidente da Casa, causando espécie a sem-número de profissionais do Direito, que a ela se contrapõem porque [1], graça a ordens constitucionais, legais e regimentais ele tem de cumprir o

    LEIA MAIS

Mais do Prerrô

Compartilhe